19 de novembro de 2009

iSteve na mente de Steve Jobs - opinião


Título Original: Inside Steve's Brain Expanded Edition
Tradução: Saul Barata
Páginas: 236
Colecção: Novo Milénio, N.º 17
Preço com IVA: 16,80 €
ISBN: 978-972-23-4258-2
Código de Barras: 9789722342582


Sinopse:

"Steve Jobs transformou-se nos últimos anos num ícone para inúmeros consumirores leais aos seus produtos. Simultaneamente uma biografia e um guia sobre liderança e inovação, este livro vem traçar o seu perfil e dos resultados que alcançou. Nele poderá encontrar segredos e episódios relacionados com a origem dos produtos mais emblemáticos - como o iPod, o iTunes ou o iMac - e conhecer toda a história por detrás do fenómeno que aliou alta tecnologia, design e visão comercial e estratégica para alcançar o topo. Um livro que nos apresenta o percurso de uma das mentes mais brilhantes da actualidade e que se torna impossível parar de ler.”

Opinião:


O mundo da informática não é bem a minha área e, por isso, confesso que olhei para este livro um pouco com o nariz torcido. Porém, assim que o comecei a ler revelou-se verdadeiramente interessante entrar e ficar a conhecer um pouco dos meandros deste mundo.

iSteve é um livro sobre Steve Jobs, um dos fundadores da Apple. É também um livro sobre como manter uma empresa de pé, contra todas as dificuldades e contra todas as probabilidades. É um livro sobre como comandar, sobre como dizer não, sobre prestar atenção a todos os pormenores para se fazer e para vender um produto. Estar com atenção ao que o público quer e estar, verdadeiramente, no lugar do público comum que, por exemplo, como eu, não percebe nada de computadores.
Desde o início podemos ver que Steve é uma pessoa obstinada pelo fazer bem, pela aposta na qualidade em vez de quantidade e é isso que faz da Apple uma marca de excelência, com um grupo de fãs muito fiel e faz com que a Apple continue a ser a concorrente directa da Microsoft de Bill Gates.
Mesmo depois de ter sido despedido da Apple, fundou a NeXT, que depois foi comprada pela Apple, e tornou-se Chefe Executivo da Pixar, criando o primeiro filme totalmente feito por computador: Toy Story, em 1995. Com a compra da NeXT pela Apple, Jobs voltou à empresa que fundou e ajudou a reerguê-la de uma possível falência. Seguiram-se despedimentos, cancelamentos de produtos a desenvolver mas, apesar de tudo, a Apple manteve-se e continua a seguir em frente.
Jobs é empreendedor, sabe precisamente o que quer e não tem problemas nenhuns em fazer cortes onde são precisos para manter a máquina a funcionar e de usar estratégias que, ao princípio parecem estranhas mas que, no fim de contas, acabam por dar resultados concretos. Gostei particularmente de uma: "Não oiças os clientes. Eles não sabem o que querem".

Achei curioso o facto também de no final de cada capítulo, haver um quadro com uma espécie de ensinamentos que se deve retirar dali, com o nome de "Lições de Steve". Achei bastante úteis para quem queira fundar uma empresa, ou até para quem já tenha um cargo que tenha que tomar decisões importantes, desde o director de uma grande empresa até, provavelmente, ao dono de um restaurante.
Gostei bastante do livro, a leitura é facilitada porque cada capítulo está compartimentado em vários sub-capítulos, cada um com o seu tema, e em que se conta uma parte da história de Steve, ou de decisões importantes, ou de produtos lançados pela empresa. E não são poucos: desde o iMac, o iPhone, o iPod e o iTunes, entre tantos outros.

Em suma: é um livro sobre o mundo da informática nada complicado porque conta o essencial que precisamos de saber para compreender a mente de Steve Jobs. É um livro sobre o percurso profissional de Steve Jobs contado pelas suas acções, pelos seus pares, pelas pessoas que trabalharam com ele. Mesmo que não percebam nada de informática, como eu, leiam. É um livro riquíssimo em termos de lições profissionais que podemos, inclusive, adoptar a nível pessoal.

Sem comentários: