15 de novembro de 2009

Mais uma desistência...


Ultimamente a coisa não tem corrido muito bem em relação a leituras. Se não, vejamos:

- Desisti de Beloved, de Toni Morrison, por achar que não era a altura ideal para o ler;
- Tenho andado com pouco tempo para ler por causa de leituras obrigatórias para a faculdade;
- E, agora, volto a desistir de mais um livro: Ivanhoe.

A edição que estava a ler de Ivanhoe, de Sir Walter Scott é da book.it (não é a da imagem, mas não consegui encontrar mais nennuma). Se alguma vez pensarem em comprar nesta edição, pensem duas vezes: ela vem cheia, mas cheia de erros de tradução e de revisão. Erros imperdoáveis, inconcebíveis. Alguns tão ridículos que eu não sabia se havia de rir ou de chorar. E, por isso desisto, porque dou por mim a prestar mais atenção aos erros feitos na tradução/revisão do que na própria história. Sinto que este tipo de coisas "desliga" o leitor da história porque começa a estar concentrado no próximo erro que vai encontrar.
Continuo a querer ler esta história mas será, certamente, noutra tradução ou no seu original, em inglês.

Enfim...melhores dias virão certamente. E, no final desta semana, espero retomar as minhas leituras de lazer, finalmente!

2 comentários:

Hagna disse...

Por acaso ainda não me aconteceu nenhuma dessas, acho incrível como é que uma editora permite essa falta de rigor.
A única vez que me apeteceu abandonar um livro, e obriguei-me a ler até ao fim, foi "O Último Papa" de, Luís Miguel Rocha; a história é boa mas a escrita dele pareceu-me tão pretensiosa, que me irritava em cada página. Neste caso foi pelo oposto, não havia erros mas a tentativa de enriquecimento da linguagem, tornou-se demasiado distrativa. Se calhar o defeito é meu ;o)...(mas não gostei na mesma!)

Estrela_da_Noite disse...

Da Book.it só li um livro - o retrato de Dorian Gray... e também vinha bastante mau =S
Apesar de ter gostado do livro, acho que a tradução acabou por me tirar algum prazer.

Por acaso já estive com Ivanhoe desta editora nas mãos, mas não me arrisquei... Ao invés estou a pensar comprar uma versão de bolso dos livros do Brasil :)

Boa sorte com as próximas leituras*
Estrela