5 de maio de 2010

Novidades Presença - 1ª Quinzena de Maio

Estes são os lançamentos para a primeira quinzena de Maio, que já estão nas bancas, pela Editorial Presença.

Título: O Museu da Inocência
Autor: Orhan Pamuk
Colecção: Grandes Narrativas, nº467
ISBN: 978-972-23-4355-8
Páginas: 652
Sinopse:
"O Museu da Inocência é uma história de amor, passada em Istambul, entre a Primavera de 1975 e os últimos anos do século XX, e conta a história da paixão obsessiva do herdeiro de uma família rica, Kemal, por uma prima afastada, Füsun, de um meio social menos favorecido. Mas Kemal está noivo da filha de uma das famílias da elite istambulense. Entretanto, Kemal começa a coleccionar objectos pessoais e outros que lhe fazem lembrar a sua amada. Esses objectos são simultaneamente um fetiche e uma crónica da sua felicidade e das mágoas, um mapa de sinais de todos os sítios onde estiveram juntos. Com o tempo, a compulsão do coleccionador acabará por dar origem a verdadeiro museu, que também permite explorar uma Istambul meio ocidental e meio tradicional, a sua emergente modernidade e a sua vastíssima história e cultura."

Título: O Rapaz que Prendeu o Vento
Autor: William Kamkwamba e Bryan Mealer
Colecção: Vidas d'Escritas, nº8
ISBN: 978-972-23-4351-0
Páginas: 308
Sinopse:
"William Kamkwamba nasceu no Malawi, onde vivia na mais absoluta pobreza e, aos 13 anos, teve de abandonar a escola por falta de meios. Mas isso não refreou o seu optimismo nem a sua vontade de aprender e, graças a uma biblioteca escolar, continuou a acompanhar as matérias escolares. Um dia descobriu um livro que mudaria por completo a sua vida e que explicava o funcionamento dos moinhos de vento. Utilizando materiais improvisados, muitas vezes recolhidos em sucatas, William conseguiu montar dois moinhos de vento e, assim, fornecer energia eléctrica e água à sua pequena comunidade. O seu feito tornou-se notícia em todo o mundo e é contado neste livro cativante, que retrata os problemas que afligem o continente africano e sugere que as melhores soluções não partem necessariamente da ajuda dos países ricos."

Título: A Dança de Pedra do Camaleão - O Terceiro Deus (Livro III)
Autor: Ricardo Pinto
Colecção: Via Láctea, nº85
ISBN: 978-972-23-4349-7
Páginas: 892
Sinopse:
"Na sequência do massacre das tribos de o Céu da Terra, Carnelian Suth sente-se revoltado por tudo aquilo que presenciou e pretende pôr fim à carnificina levada a cabo por Osidian Nephron, o Deus-Imperador. Porém, este continua sedento de vingança contra aqueles que usurparam o seu trono e provoca a ira dos Mestres que governam a Comunidade a partir do seu centro, Osrakum. A guerra é inevitável e Carnelian compreende que a sua sobrevivência e a de todos os que lhe são queridos depende da sua aliança com Osidian. No fim, Carnelian compreenderá que ele próprio ajuda a desencadear forças apocalípticas e a revelar segredos atrozes. O Terceiro Deus é a conclusão de uma das epopeias mais notáveis das duas últimas décadas da literatura fantástica."

Título: As Virgens de Vivaldi
Autor: Barbara Quick
Colecção: Grandes Narrativas, nº466
ISBN: 978-972-23-4347-3
Páginas: 272
Sinopse:
"As Virgens de Vivaldi traz-nos a Veneza barroca, esplendorosa e decadente, de inícios Setecentos, la Sereníssima, num fresco luminoso e negro de uma sociedade marcada pela festividade exuberante do espírito carnavalesco e pelo peso castrador de uma mentalidade arreigadamente puritana. E é através do olhar de Anna Maria - uma das muitas jovens acolhidas pelo Ospedale della Pietà, virtuosa do violino e aluna predilecta do grande maestro Vivaldi - que podemos observar esse fresco, que ficamos a conhecer a sua fascinante história de vida, o quotidiano dentro das paredes do Ospedale, as intrigas da Veneza do século XVIII e um pouco do legado musical e da vida do próprio Vivaldi."

Título: Viagem ao Tecto do Mundo - O Tibete Desconhecido
Autor: Joaquim Magalhães de Castro
Colecção: Volta ao Mundo, nº2
ISBN: 978-972-23-4350-3
Páginas: 272
Sinopse:
" Viagem ao Tecto do Mundo - O Tibete Desconhecido relata-nos a viagem inesquecível que Joaquim Magalhães de Castro fez nos anos 90 ao coração do Tibete, o Ngari. Com início na capital, Lhasa, esta intrépida aventura durou cerca de mês e meio e atravessou, em direcção a oeste, quase dois mil quilómetros dalgumas das paisagens mais inóspitas, magníficas e sagradas do planeta. De mochila às costas, viajante clandestino em algumas das regiões por onde passou e muitas vezes transportado nas caixas de camiões, o autor conheceu o Tibete mais recôndito e autêntico, o seu povo, a sua cultura, a grandiosidade dos seus palácios, templos e mosteiros, e a sua profunda religiosidade."

Também de notar o lançamento de quatro livros da autora Maria Teresa Maia Gonzalez: Ricardo, o Radical; A Ana Passou-se! ; O Geniozinho e Dietas e Borbulhas. Também o novo livro de Thalita Rebouças Que Cena Amiga!, e A Múmia Sem Nome de Geronimo Stilton.

1 comentário:

tonsdeazul disse...

Pretendo ler este novo de Pamuk! A capa está maravilhosa! :)