6 de outubro de 2010

Porto Editora publica "O Elemento", de Ken Robinson

Em 2006, muitos portugueses passaram a conhecer Ken Robinson (Sir Ken Robinson, na verdade) aquando da conferência da UNESCO em Lisboa sobre Educação Artística – organização na qual integra o Conselho Científico. O ilustre investigador britânico, já considerado pelas revistas Time e Fortune e ainda pela CNN uma das maiores autoridades mundiais nas áreas da educação e da criatividade, veio a Portugal defender – tal como António Damásio, outro dos oradores – que as artes e o estímulo da imaginação são tão importantes para os alunos do século XXI como os números e as letras. Em O Elemento, obra que a Porto Editora, pela tradição que tem na área da educação, se orgulha de dar a conhecer aos portugueses (a 14 de Outubro), Ken Robinson aborda o tema referindo vários exemplos de figuras públicas que transformaram as respectivas vidas e mostrando assim que ninguém deve esquecer as capacidades de imaginação e criatividade com que nasce.

As ideias de Ken Robinson são de tal forma admiradas que já foi premiado e distinguido inúmeras vezes em vários países. Pelo mesmo motivo, o autor é normalmente convidado para participar em conferências em todo o mundo. Algumas delas, como esta, de 2006, fizeram história e granjearam ao inglês uma reputação ainda maior.
O autor desta obra indispensável, que escreveu com a ajuda de Lou Aronica, vai estar em Portugal no final deste mês para o Fórum Mundial de Alta Performance, no qual vai falar de talento.

Título: O Elemento
Autor: Ken Robinson com Lou Aronica
Páginas: 256
Sinopse:
"Por vezes, as pessoas esquecem-se das extraordinárias capacidades de imaginação e criatividade com que nascem. Ken Robinson explica que, quando isso acontece, é hora de redescobrir o Elemento de cada um: o lugar onde se faz aquilo que se quer fazer e onde se é a pessoa que sempre se quis ser.
Este livro recolhe as histórias de figuras que encontraram o seu Elemento, e com ele a realização pessoal. A obra explica em que momento Meg Ryan, Paul McCartney, Ridley Scott, Matt Groening, Vidal Sassoon mudaram os rumos das respectivas vidas, para entrarem nos seus Elementos. Estaremos a desenvolver todos os nossos talentos?"

Podem visualizar as primeiras páginas aqui: http://recursos.wook.pt/recurso?&id=2272608

Sem comentários: