7 de abril de 2011

Frida - Opinião

Título: Frida - A Biography of Frida Kahlo
Autor: Hayden Herrera
Editora: Perennial
Páginas: 508
Sinopse:
"Hailed by readers and critics across the country, this engrossing biography of Mexican painter Frida Kahlo reveals a woman of extreme magnetism and originality, an artist whose sensual vibrancy came straight from her own experiences: her childhood near Mexico City during the Mexican Revolution; a devastating accident at age eighteen that left her cruppled and unable to bear children; her tempestuous marriage to muralist Diego Rivera nd intermittent love affairts with men as diverse as Isamu Noguchi and Leon Trotsky; her association with the Communist Party; her absorption in Mexican folklore and culture; and her dramatic love of spectacle. Here is the tumultuous life of an extraordinary twentieth-century woman - with illustrations as rich and haunting as her legend."

Opinião:

Sobre a vida desta mulher acho que não vale a pena alargar-me. Penso que, apesar de ser uma biografia, não preciso de falar da vida de Frida Kahlo. Para saberem mais, basta introduzirem o nome dela no Google, que aparecem variadíssimas páginas sobre a sua vida e obra.
Aliciada pelo filme Frida, com Salma Hayek a desempenhar o papel principal, fiquei curiosa para ler a biografia no qual o filme se inspirou. Assim, comecei a leitura deste livro que, sendo de tamanho considerável, demorou um pouco a ser lido.
Recheado com fotografias da vida privada de Frida, tal como reproduções das suas pinturas e transcrições de cartas, esta biografia está muito bem apetrechada com material que não só traça o percurso de vida de Frida mas como também caracteriza a mulher que ela foi. Inteligente, teimosa, irreverente, com ideias muito bem definidas, uma mulher com carisma e que sofreu as mais duras provações sem nunca desistir. É isto que eu admiro nela: o facto de ter conseguido manter-se fiel a si mesma, nunca desistindo dos seus sonhos, das suas ideias e objectivos e ter conseguido fazer essa catarse através da pintura, da qual sou fã.
O único senão, talvez por culpa minha, é que vi o filme antes de ler o livro. É claro que o livro vai acrescentar muitos pormenores que não estão no filme, mas o essencial, o sumo da vida de Frida, está muito bem retratado no filme. Talvez por isto, o livro não me tenha cativado tanto e não tenha lido tão sofregamente, porque já sabia a história de antemão.
De maneira geral, é uma excelente biografia e uma adição importante para aqueles que admiram, não só, a pintura mas também a figura imponente que foi Frida Kahlo. Uma mulher marcada pela sua cultura mas, também, marcante para a mesma.
4/6 - Bom

Sem comentários: