11 de agosto de 2011

Harry Potter and the Philosopher's Stone - Opinião

Título: Harry Potter and the Philosopher's Stone
Autor: J. K. Rowling
Editora: Bloomsbury Paperbacks
Páginas: 223
Sinopse (do Goodreads):
"Harry Potter thinks he is an ordinary boy. He lives with his Uncle Vernon, Aunt Petunia and cousin Dudley, who make him sleep in a cupboard under the stairs. Then Harry starts receiving mysterious letters and his life is changed for ever. He is whisked away by a beetle-eyed giant of a man and enrolled in Hogwarts School of Witchcraft and Wizardry. The reason: Harry Potter is a wizard!"

Opinião:

Este primeiro livro da saga Harry Potter apresenta-se como uma espécie de introdução ao mundo que J. K. Rowling criou para as aventuras dele. Ficamos a conhecer a origem de Harry, como é passada a sua infância, o seu primeiro contacto com o mundo mágico de Hogwarts, com a magia, as amizades e inimizades que faz, os seus professores, enfim, toda uma realidade nova que Harry vai absorvendo, à medida que entra nela.

Como nunca tinha lido nenhum destes livros e também não vi os filmes, ia com expectativas zero para esta leitura. E, posso dizer, que me surpreendeu! Não fazia ideia do quão rico é o mundo de Harry Potter e, apesar de classificado como livro infantil, penso que apela também à imaginação dos adultos porque nos apresenta uma realidade completamente diferente mas muito bem descrita. De tal maneira que não encontrei nenhuma falha ou falta de coerência, e senti-me tal como Harry, à medida que ia absorvendo aquele mundo de olhos arregalados: como uma miúda de onze anos a quem se lhe apresenta um mundo de magia e feiticeiros, onde se voa em vassouras, se fazem poções, usa-se varinha mágica e se habita num local tão fantástico como Hogwarts. Deslumbrada, acho que é a palavra certa.

Para além do mundo criado pela autora, as aventuras do trio Harry, Ron e Hermione, são o que nos faz avançar mais rápido nas páginas. Seguimo-los de perto, pelos corredores, de noite, como se estivéssemos com eles, tentando decifrar os mistérios que Hogwarts encerra. Um ponto a favor de Rowling é o facto de conseguir retratar crianças de 11 anos tal como elas são, sem tentar atribuir-lhes uma maior maturidade que, penso eu, não seria tão verosímil para a história.

Concluindo, penso que não poderia ter sido melhor a minha introdução à saga Harry Potter. Adorei este primeiro livro onde encontrei personagens tão queridas como Hagrid, Dumbledore e Potter, misteriosas como o Professor Snape e Quirrell, irritantes como Draco e a família Dursley e um mundo mágico que nos faz sonhar. Mal posso esperar pelos próximos livros para saber mais!

5/6 - Muito Bom


6 comentários:

Leitora disse...

Olá
Desculpa estar a incomodar mas gostaria de saber como posso participar na leitura conjunta do Harry Potter.
Boa Leitura!
P.S.atmosfera dos livros

Lippy disse...

Aconteceu-me o mesmo. A minha prima ofereceu-me o livro, eu nunca tinha ouvido falar de Harry Potter na vida. Fiquei acordada a noite toda a ler, não conseguia parar de ler. E admito, quando fiz 11 anos, pouco tempo depois, fiquei durante uma semana à espera da minha carta de Hogwarts. How sad... =P

Diana disse...

Olá, não incomodas nada.
As pessoas que estão a fazer esta leitura conjunta, têm conta no Goodreads, porque é lá que vamos colocando as nossas opiniões sobre cada parte do livro. Se tiveres conta lá, adiciona-me (na barra lá em cima, está o meu perfil), que eu depois adiciono-te ao grupo de leitura. :)

Diana disse...

Lippy: LOOL só ainda não foste porque não moras em Londres! That's why! Quando fores para lá morar, vamos as duas apanhar o cumboio na platform nine and three quarters :D

Neptuno_avista disse...

Olá! Ler a tua opinião fez-me lembrar da primeira vez que li o 1º livro, que devorei, completamente deslumbrada... É sem dúvida um livro fascinante... e a melhorar ao longo dos livros. Boa leitura :) Beijinho

Leitora disse...

Olá Diana

Obrigada pela dica.
Beijocas e boa leitura!