21 de dezembro de 2011

Mitos e Lendas Celtas da Irlanda - Opinião

Título: Mitos e Lendas Celtas: Irlanda
Autor: Angélica Varandas
Editora: Livros & Livros
Páginas: 370
Sinopse (resumida):
"O universo dos mitos e lendas celtas da Irlanda antiga foi redescoberto a partir dos finais do século XIX. [...] Neste volume recorremos a fontes que considerámos mais fidedignas e que melhor se aproximam das histórias, tal como elas foram contadas pela primeira vez, através dos manuscritos produzidos ao longo da Idade Média.
Pretendemos, por um lado, fazer jus a todo um conjunto de histórias que mergulham as suas raízes num passado pré-cristão, em que foram divulgadas por via oral até serem fixadas por escrito, mais tarde, pelos monges que cristianizaram a Irlanda. Por outro lado, acreditamos ser esta a melhor maneira de transmitir aos leitores a atmosfera mágica que estes contos invocam e sugerem.[...]"


Opinião:

Este Mitos e Lendas Celtas da Irlanda foi lido no âmbito da minha investigação para a tese e, não se encaixando propriamente nas minhas leituras de lazer, foi um livro de que gostei bastante por nos dar uma perspectiva da mitologia, cultura e sociedade celta da Irlanda muito completa.
Neste livro podem encontrar os contos mais importantes divididos em três ciclos:

- Ciclo Mitológico, em que se integram as narrativas que nos dão conta das origens míticas dos deuses da Irlanda, os Tuatha Dé Danann (Tribo da deusa Dana), onde podemos encontrar um ambiente mágico e maravilhoso.

- Ciclo Heróico, que integra o Ciclo do Ulster e o Ciclo Histórico. O primeiro é onde se narram as aventuras dos heróis do Ulster, no Ulaid, uma das quatro províncias históricas da Irlanda e aqui destacam-se as aventuras do seu herói guerreiro mais famoso Cuchulain e um dos textos fundamentais dos mitos irlandeses, o Táin Bó Cuailnge (Razia das Vacas de Cooley). No Ciclo Histórico ou Ciclo dos Reis, relatam-se as origens dos reis e nobres da Irlanda.

- Ciclo de Fionn, também referido como Ciclo Ossiânico, mas erradamente. Aqui contam-se as histórias dos Fianna, grupos de guerreiros companheiros de Fionn MacCumhail, um dos heróis mais importantes da mitologia irlandesa.

Alguns contos, devido à sua extensão, estão resumidos ao essencial para que se possa perceber a sua importância e relevância nos mitos e lendas desta cultura. Para além disso, podemos contar com um capítulo dedicado aos vários seres feéricos da Irlanda, uma breve história dos celtas que nos dá alguns dados contextuais históricos para termos uma maior noção da vida e cultura daquele tempo, um glossário e uma bibliografia usada para este livro.

Pormenores técnicos à parte, quem me dera que todos os livros para investigação fossem como este! Embora o tenha lido numa perspectiva académica, foi delicioso ler este livro porque as histórias dos mitos celtas da Irlanda são fascinantes. Temos deuses, mortais, magia, fadas, ambientes sobrenaturais, armas com poderes mágicos, animais sagrados... era, de facto, uma cultura muito rica e daqui podemos estabelecer vários paralelos com textos actuais (estou a lembrar-me da Juliet Marillier, por exemplo). Além disso, no fim de cada narrativa, podemos ainda contar com uma breve análise do conto. Uma coisa simples, que nos chama a atenção para as partes mais importantes do conto e nos explica pormenores que podem não estar tão claros.

Concluindo: um livro que nos dá a conhecer a mitologia de outra cultura, para quem quer começar a embrenhar-se por este mundo. A sua leitura é super acessível, é clara, os contos são deliciosos e fica-se com uma perspectiva mais ampla da cultura celta irlandesa assim como dos seus deuses e heróis. Como aficionada da mitologia e cultura celta, não podia ter gostado mais deste livro. Não tendo sido uma leitura de lazer, ainda assim achei que merecia uma opinião minha aqui neste canto.

5/6 - Muito Bom

7 comentários:

tonsdeazul disse...

Trouxe um também sobre as lendas da Irlanda quando lá estive. Não resisti. :) É um país fascinante!
Agora quando terminares a tua tese tiras uns dias e partes em busca da verdadeira Irlanda. ;)

Diana Marques disse...

Olha, isso é que era! Ir à Irlanda e ao País de Gales :)

CMachado disse...

Olá!!
Estou, lendo mais fantasia agora!
Então, me diga vc que leu esse Mito e lendas, se ler HP, As Brumas de Avalon, enfim livros desse gênero, já dá para ficar por dentro da mitologia nórdica? sem precisar ler um específico?
abç

Diana Marques disse...

Olá CMachado!

Ler fantasia não dispensa a leitura de algo mais específico da mitologia. Até porque fantasia é ficção, então pode haver mudanças, adaptações, conforme aquilo que o escritor quiser transmitir. Além disso, Brumas de Avalon e HP não têm nada a ver com mitologia nórdica.
As Brumas têm muito de mitologia celta, principalmente da irlandesa, e também da lenda arturiana. O HP não tem ecos da mitologia, mas sim de muitos elementos da literatura e da cultura medieval europeia e, em particular, da inglesa.
Por isso, se quiser saber ao certo as histórias, os contos, as tradições da mitologia celta ou nórdica, o melhor mesmo é ler algo específico sobre elas. A ficção por vezes altera muita coisa e pode dar uma imagem diferente do que realmente as coisas eram.
Espero ter ajudado :)

CMachado disse...

Ajudou sim Diana!!
Parabéns pelo seu espaço!!

Dagda Cernucha Dragonul disse...

Ola>>>Sabe onde posso adquirir esse livro por um bom preço!???
udtherdragonul@gmail.com

Lord Udther disse...

Ja o tive em mãos e li parte dele mas gostaria de ter a oportunidade de ler essa obra novamente!