29 de dezembro de 2011

Romeo and Juliet - Opinião

Título: Romeo and Juliet
Autor: William Shakespeare
Editora: Routledge
Páginas: 280
Sinopse (de outra edição):
"Love, sex and death are the components of Shakespeare's classic story of the love of two young people which reaches across the barriers of family and convention. It encompasses great love, high drama, low comedy and a tragic ending. Romeo and Juliet is a pure tragedy of youth told in verse that is both youthful and intense. The loveliness and the music of the poetry make believable the otherwise commonplace afflictions of blighted love."

Opinião:

Não é que não conhecesse a história ou não fizesse a mínima ideia de como é a escrita genial de William Shakespeare. Mas aqui há uns tempos estive a ver, pela milésima vez, o filme Shakespeare in Love e fez-se luz na minha cabeça: como é que eu ainda não tinha lido a peça Romeo and Juliet?! Falha imperdoável! Assim, uns dias depois fui à biblioteca da faculdade e levei de lá um exemplar da dita peça para começar a ler.

Quanto à história, penso que não vale a pena estar aqui a dissertar sobre ela, porque toda a gente a conhece. Mas, mais uma vez, pude testemunhar a riqueza da obra de Shakespeare, a beleza das palavras, a actualidade das suas obras e a capacidade da linguagem provocar determinadas respostas emocionais no leitor. De cada vez que o Romeu e a Julieta se encontravam, a minha respiração ficava suspensa, tão belos eram os discursos. Como é que é possível!? Acho que se algum homem falasse assim comigo, casava-me com ele na hora...

Mas não esquecer que, para além da parte romântica, deste amor avassalador sentido entre Romeu e Julieta, do qual surgem declarações tão poéticas que até doem, esta peça é uma tragédia. E nos derradeiros momentos de tensão, parece que Shakespeare apelou a todas as musas para escrever das coisas mais belas que já li até hoje. E foi pela escrita, pela poesia, que resolvi ler este livro. Para poder ler a história com as palavras de Shakespeare. E adorei.

E à medida que ia lendo, não pude deixar de fazer comparações, na minha cabeça, entre a peça e o filme Romeo + Juliet, de Baz Luhrmann, com Leonardo DiCaprio e Claire Danes nos papéis principais. Digo-vos: aconselho vivamente esta adaptação. Em termos de texto está praticamente ipsis verbis com o original, embora a acção esteja adaptada aos dias de hoje. E, neste contexto, não posso deixar de aconselhar também o filme que levou a que eu lesse a peça, Shakespeare in Love.

Concluindo: o que esta peça tem de romântico ao mais alto nível de inspiração, também tem de trágico. Mas o que torna esta obra especial, é o facto de aliar emoções tão fortes a construções sintácticas tão bonitas, exacerbando os sentimentos das personagens. Ao mesmo tempo que suspirava a cada declaração de amor, também ficava com o coração nas mãos nos derradeiros momentos de Romeu e Julieta.

5/6 - Muito Bom

Sem comentários: