21 de janeiro de 2015

When He Was Wicked - Opinião

Título: When He Was Wicked (Bridgertons #6)
Autor: Julia Quinn
Lido no Kobo
Sinopse:
"In every life there is a turning point.

A moment so tremendous, so sharp and breathtaking, that one knows one's life will never be the same. For Michael Stirling, London's most infamous rake, that moment came the first time he laid eyes on Francesca Bridgerton.

After a lifetime of chasing women, of smiling slyly as they chased him, of allowing himself to be caught but never permitting his heart to become engaged, he took one look at Francesca Bridgerton and fell so fast and hard into love it was a wonder he managed to remain standing. Unfortunately for Michael, however, Francesca's surname was to remain Bridgerton for only a mere thirty-six hours longer -- the occasion of their meeting was, lamentably, a supper celebrating her imminent wedding to his cousin.

But that was then... Now Michael is the earl and Francesca is free, but still she thinks of him as nothing other than her dear friend and confidant. Michael dares not speak to her of his love... until one dangerous night, when she steps innocently into his arms, and passion proves stronger than even the most wicked of secrets..."

Opinião:

E quase um ano depois de ter lido o quinto livro da série dos Bridgertons, eis que me volto a virar para a Julia Quinn, em busca de conforto literário e emocional. Estava a apetecer-me ler algo que não exigisse muito de mim, que fosse de leitura fácil, uma aposta ganha (à partida) e que tivesse a sua dose de romance.

Este livro foca-se em Francesca Bridgerton e começa com um momento amargo na sua vida: a morte do seu marido, John Stirling. E a verdade é que, por causa disso, este livro tem uma tónica diferente que os outros não têm, nomeadamente por falar em temas mais pesados como a perda de um ente querido e de como é que se recupera dela. É um momento de viragem nas vidas de Francesca e Michael Sterling, primo de John e apaixonado por Francesca desde o primeiro momento em que a viu, e acaba por condicionar a história de amor de ambos. Mas não é um livro deprimente, atenção! Não tem tanto daquele humor característico dos anteriores, até porque a família Bridgerton aparece um par de vezes, mas é uma história de amor muito bonita, com dilemas verosímeis e muito bem desenvolvida. De facto, Julia Quinn não desilude!

Gostei muito deste par e da sua história. A relação de Francesca e Michael é, à partida, impossível e impensável, mas as coisas acabam por encontrar o seu rumo. Gostei bastante de ambos, mas mais de Michael (vá, eu tenho um pendor por heróis sofredores e torturados, vá-se lá saber...) que passa a vida sem poder afirmar o seu amor por Francesca e porque sofre tanto estando perto como longe dela. Por outro lado, temos Francesca que, viúva, possui um sentimento de culpa por querer casar novamente. Mas a vida é uma coisa engraçada, o Colin Bridgerton também dá uns toques e acaba tudo por se resolver.

Apesar de os livros da Julia Quinn serem romances e de nós sabermos como vão acabar, aquilo que me apela é o facto de as personagens estarem tão bem construídas, quase como se as ficássemos a conhecer perfeitamente no final, e porque as histórias de amor não são lamechas e as coisas não acontecem às mil maravilhas. Gostei muito deste livro, estava com saudades dos Bridgertons, e quero ver se não passo tanto tempo sem eles!

5/6 - Muito Bom

(Esta leitura conta para o desafio Mount TBR Reading Challenge)

4 comentários:

Célia disse...

Este foi o meu livro preferido da série, precisamente pelo que referes, é talvez o que fala de temas mais pesados e cujos protagonistas estão mais marcados pelo difícil passado. Agora fiquei com vontade de reler ;)

Diana Marques disse...

Eu adoro as características particulares que a Julia Quinn consegue imprimir a cada um dos romances, apesar de já conhecermos a fórmula de de sabermos como vai acabar. Gostei muito deste, mas acho que os meus favoritos ainda continuam a ser o 1º e o do Colin (acho que é o 4º).

WhiteLady3 disse...

Ah Colin... o cupido dos Bridgerton!

Pedro Taveira disse...

Segui :)
Deixo aqui o meu primeiro passatempo caso queiras participar :)
http://diasporadossentidos.blogspot.com/2015/01/1-sorteio-diaspora-dos-sentidos-o-velho.html