5 de janeiro de 2010

Novidades Dom Quixote

Para este mês de Janeiro já são conhecidas algumas novidades desta editora. Todos os livros estarão disponíveis a 13 de Janeiro. Para já, encontram-se em pré-venda.

Título: Estranho Quotidiano
Autor: J. L. Pio Abreu
ISBN: 9789722039215
Páginas: 136
Sinopse:
"Poderíamos nós viver sem telemóveis? É verdade que a televisão pode destruir a democracia? Podemos confiar na economia de mercado? Quais são os poderes que efectivamente nos governam e qual é, neste contexto, o valor do poder democrático? Será que o Estado de Direito ainda existe? Qual é o significado actual dos papéis masculino e feminino? Podem os seres humanos ultrapassar a sua natureza biológica? Como podemos hoje educar as nossas crianças? Apesar da actualidade destas perguntas, é difícil responder-lhes claramente. No entanto, é possível equacionar estes problemas com base nos acontecimentos quotidianos e no conhecimento presente. É isso que procuram fazer os pequenos textos que compõem este livro."

Título: O Mundo Alucinante
Autor: Reinaldo Arenas
ISBN: 9789722038966
Páginas: 288
Sinopse:
"Biografia imaginária, conto picaresco, fábula filosófica, fresco histórico, simultaneamente sério e burlesco, alucinante de verdade e de invenção, fantasticamente realista e realisticamente fantástico, este livro que o autor classifica simplesmente como "romance de aventuras", contém em si mil romances diferentes, sendo ao mesmo tempo muito mais do que um romance. Estímulo para a imaginação, abrir de novos caminhos para o pensamento reflexivo, antídoto de "sonho" para um quotidiano programado, metalizado, desumanizado. Um "sonho" que não seja fuga da realidade, mas fonte de calor para a viver e modificar. O Mundo Alucinante, do escritor cubano Reinaldo Arenas, é um imaginar refrescante e livre que convidamos vivamente os leitores a partilharem."


Título: Assim se Esvai a Vida
Autor: Urbano Tavares Rodrigues
ISBN: 9789722039697
Páginas: 288
Sinopse:
"Três livros num só. A novela "Assim se Esvai a Vida" é uma sequência um tanto arbitrária de incidentes da resistência à ditadura salazarista em que personagens inventadas se mesclam com outras reais e onde as cenas eróticas, por vezes muito cruas, alternam com momentos poéticos, numa sarabanda original e inesperada.
Avultam as intentonas para derrubar o regime e a luta nas trevas, a par de visões da vida cultural e da autêntica revolução sexual provocada, em certos meios, pelo aparecimento da pílula anticoncepcional. Uma obra de ficção arrojada e fascinante.
Em "O Cornetim Encarnado", que separa esta novela dos contos da terceira parte, descansa o leitor da ilusão romanesca, lendo memórias avulsas, reflexões e poemas, um estimulante trabalho de metaliteratura em que o autor se expõe como nunca até hoje. Páginas provocatórias e outras até de sofrimento a nu.
De "Os Olhos do Demónio" e "Outros Contos" diremos que são talvez os melhores de Urbano Tavares Rodrigues, pela beleza e arrojo da escrita, pelo insólito dos temas e até pelo aparecimento de micronarrativas, novas na sua obra."

Sem comentários: