23 de novembro de 2010

Divulgação: "D. Dinis, a quem chamaram O Lavrador", de Cristina Torrão

Título: D. Dinis, a quem chamaram o Lavrador
Autor: Cristina Torrão
Género: Romance Histórico
Editora: Ésquilo
Sinopse:
"«E este foi o melhor rei e mais justiceiro e mais honrado que houve em Portugal desde o tempo do rei D. Afonso, o primeiro»
(D. Pedro, Conde de Barcelos)

D. Dinis, sexto monarca português, marcou profundamente a consolidação do reino através dos seus quarenta e seis anos de governação. Fundou a primeira universidade portuguesa, substituiu o latim pela língua portuguesa nos documentos oficiais, reformou quase todos os castelos, foi um diplomata de excepção, admirado, inclusivamente pelo Papa, incrementou a agricultura, a pesca e o comércio, amante da poesia e da música, ficou imortalizado pelos seus cantares.

Mas a tragédia também assolou a sua alma, primeiro foi o conflito armado com o irmão, no final da vida, a dilacerante guerra com o seu próprio filho herdeiro. A seu lado, estava uma rainha de excepção, Isabel de Aragão, com a qual nem sempre as relações foram fáceis…

Neste romance, o leitor é conduzido à intimidade de um Rei justo, sábio e poeta. Nunca a esfera íntima de D. Dinis foi descrita com tanto detalhe e faceta humana."

O livro estará disponível nas livrarias a partir de fins de Novembro.

Sobre a autora:

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, Cristina Torrão trabalhou na delegação do Norte da Radiodifusão Portuguesa entre 1988 e 1992, tendo emigrado para a Alemanha onde é professora de português em Hamburgo.

Estreou-se na ficção em 2008, com o romance A Moura e o Cruzado, após vencer a segunda edição do concurso literário «O Meu 1º Best-Seller», organizado pelo Modelo/Continente em parceria com as Edições Asa e a revista Visão.

No ano seguinte publicou o seu segundo romance histórico, Afonso Henriques, O Homem, a par com uma reedição melhorada da sua primeira obra, que recebeu o título de A Cruz de Esmeraldas. (fonte: Bibliohistória)

Sem comentários: