2 de novembro de 2010

Novidades da Papiro Editora para Novembro

Título: Do Avesso
Autor: Bárbara Barbosa
Género: Vários
Páginas: 76
Sinopse:
"Do avesso. É desta forma que a autora se apresenta neste conjunto de textos compostos, de forma dispersa e aleatória, pelo tempo. Partindo «de dentro», escreve impressões e sentimentos íntimos que, página a página, lentamente, caminham «para fora», em direcção ao mundano, levantando e respondendo a questões prementes do nosso quotidiano. Prefácio de Helena Vieira, cantora lírica. Ilustração de Armando Gama, músico."

Título: Amor Esquecido
Autor: Isaac Barradas
Género: Juvenil
Páginas: 104
Sinopse:
"Após dois anos a esconder um amor incondicional por Marta, Sam pensa revelar à melhor amiga aquilo que sente, mas as dúvidas começam a surgir-lhe à medida que entra em algo novo na sua vida. Ao longo de toda a história, esse amor mostra-se mais forte, mas algo irá acontecer. É num registo fluido e em mensagem ficcionada que Isaac Barradas escreve para aqueles que mais o compreenderão: trata-se de um livro de e para adolescentes, em jeito de homenagem a uma das fases mais intensas da vida, esse futuro pretérito imperfeito que jamais será esquecido."

Título: Professor no Fio da Navalha
Autor: Maria Cecília Campos
Género: Testemunho
Páginas: 72
Sinopse:
"São aves migratórias, os professores de quem falo. Seres errantes que vagueiam de escola em escola. São de lugar nenhum. Tudo é breve: rostos, paisagens, afectos. E a vida abrevia-se num longo voo de silêncio e solidão. Contextos pedagógicos e rupturas psíquicas são os pilares deste livro que, partindo de uma experiência pessoal, questiona a escola dos nossos dias. Precariedade, mobilidade e desenraizamento, indisciplina, bullying e humilhação desenham o «fio da navalha» que precipita a depressão."

Título: A Jornada da Loucura
Autor: Pedro Belo Clara
Género: Poesia
Páginas: 76
Sinopse:
"«Sê livre e faz da consciência a tua coroa, Pois em cada esquina serás ensinado Para assumires a difícil proa Do novo mundo que está a ser criado. Então, quando completares o teu ser, Sei que duvidarás da simplicidade, Mas logo aceitarás esse novo querer Que te puxará para a verdade. Afinal, foi na casa da vida Que eu aprendi a ser quem era, E lembro-me que a breve despedida Mais não foi do que uma longa espera.» Numa catarse, no limiar da loucura, quando a fronteira entre o real e a ilusão parecia irremediavelmente perdida, eis que se dá a revelação de si a si mesmo. As respostas, que tanto buscara, oferecem-se, iluminadas, enquanto se dá a renovação do espírito em comunhão com a carne.” (Do prefácio)

Título: A Flor-de-Lis
Autor: Alda Gonzaga
Género: Romance
Páginas: 312
Sinopse:
"Neste romance a autora narra a história duma mulher, realizada profissionalmente, que encontra o grande amor da sua vida e que, depois de conseguir superar os obstáculos que lhe aparecem, consegue ficar com ele. É, portanto, uma história feliz duma mulher feliz cuja vida nem sempre é um mar de rosas, pois há problemas a resolver, obstáculos a ultrapassar, desgostos a superar, apenas amenizados porque tem a seu lado um grande amor."

Título: Garras
Autor: Eva Mendes
Género: Fantástico
Páginas: 72
Sinopse:
"O pai dela é um coiote mas ela nunca tinha visto coiotes comportarem-se assim. A sua própria origem é-lhe desconhecida, pois não é completamente humana mas também não é animal. Sabe o som da palavra, conhece o fogo. E nenhum outro animal se parece com ela; caminha, alimenta-se ou pensa como ela. Apenas uma outra criatura improvável abre portas à (sua) descoberta — um lobo com traços de homem e que esconde um mágico segredo. Juntos seguem pelo caminho vermelho na floresta em busca das respostas e da resolução dos mistérios. O que encontram traz de volta velhas memórias e revelações. É uma história de procura de personagens perdidas num limbo entre um corpo e uma mente que parecem estar errados, e que se vêem obrigadas a viver uma intimidade forçada, a substituir as palavras por gestos e olhares."

Título: Flores de Outono
Autor: António Levi de Meireles
Género: Poesia
Páginas: 96
Sinopse:
"Flores de Outono é constituído, na sua grande maioria, por sonetos. Está dividido em duas partes, cuja diferença reside no carácter mais ou menos intimista da poesia, sendo a primeira de cariz existencial, onde o poeta se auto caracteriza na sua relação com o mundo, e a segunda, de cariz mais reflexivo, onde o poema é espelho da realidade que se observa."


Título: Palácio Cinzento - Uma Peripécia em Bengala
Autor: Carolina Lagutrop
Género: Infanto-Juvenil
Páginas: 65
Sinopse:
"É do senso comum que o futebol é um fenómeno universal. No entanto, não passava pela cabeça de ninguém, muito menos na do Pedro a viver no norte de Portugal, que uma viagem com a mãe e um jogo de futebol seriam as razões decisivas para que grandes amizades se fizessem naquelas férias de Verão em África. Foi a sentir o ar quente e húmido e a deambular pelas ruas adornadas pelas famosas acácias rubras e rosas de porcelana, que os amigos descobriram o Palácio Cinzento numa das praças de Benguela, um edifício imponente e misterioso, devidamente guardado, mas com muito para descobrir. Trata-se de uma incrível peripécia, que se destaca pela fantasia e imaginação e para a qual contribuíram: a curiosidade do Pedro recentemente chegado de Portugal, a força de Palanca e a cultura de Ginga dois irmãos Caluandas e a perspicácia e sabedoria tradicional de Nuni Kulunga oriundo da província do Cunene."

Título: Anseio
Autor: Eugénio Henriques Tio
Género: Poesia
Páginas: 100
Sinopse:
"Livro de poesia livre, diversificada – fala-nos, vida –, que versa sobre assumindo, por vezes, a mordaz."

Sem comentários: