5 de dezembro de 2010

O Símbolo Perdido - Opinião

Título: O Símbolo Perdido
Autor: Dan Brown
Editora: Bertrand
Páginas: 571
Sinopse:
"Doze horas alucinantes! O leitor mergulha mais uma vez num mundo de misticismo, sociedades secretas e locais escondidos de uma Washington pouco reconhecida. O que esconde, afinal, a Chave de Salomão? Que mensagens secretas estão codificadas nesse livro misterioso? Robert Langdon, o professor de Harvard especialista em Simbologia, tem apenas 12 horas para o revelar. São horas repletas de intrigas, perseguições e reviravoltas. É, pois, o regresso de Dan Brown ao registo que o tornou mundialmente famoso: pictogramas cifrados, mensagens ocultas, símbolos descodificados, "suspense" e acção a um ritmo vertiginoso."

Opinião:

Tenho este livro cá em casa desde o Natal passado (porque o ofereci ao meu pai) e ainda não o tinha lido! À semelhança de outros quantos também... hehehe
Li este livro porque precisava de uma leitura que me abstraísse das coisas da faculdade. Algo cuja leitura fosse emocionante, e que misturasse os ingredientes que Dan Brown costuma misturar. Como já tinha lido o Anjos e Demónios e adorei, ia com grandes expectativas para este.

O Símbolo Perdido volta a ter como protagonista Robert Langdon que, enganado pelo raptor de Peter Solomon vai a Washington D.C. para dar uma suposta palestra. Contudo, o que ele não sabe, é que no espaço de 12 horas se vai ver envolvido numa corrida contra o tempo para salvar o seu amigo das mãos de um lunático que acha que, através de uma pirâmide guardada pela Maçonaria, esta lhe vai dar conhecimentos inimagináveis que lhe darão poderes quase sobre-humanos.
Esta pirâmide guarda a indicação de um local onde está esse tesouro perdido que contém conhecimentos que podem mudar o futuro da humanidade. Assim, somos levados numa corrida contra o tempo em que Langdon e Katherine, a irmã de Peter, tentam desvendar as várias mensagens dadas pela pirâmide para encontrar o local onde esse tesouro está guardado.

Gostei bastante deste livro, embora ache que tenha ficado àquem do Anjos e Demónios. Aqui, Dan Brown leva-nos pela história da Franco-Maçonaria, pelo simbolismo presente na cidade de Washington, pelos rituais iniciáticos e pelas lendas que envolvem os "Mistérios Antigos". Foi esta parte que, verdadeiramente, me cativou. Para além disso, o livro continua com aquele ritmo alucinante, capítulos pequenos que tornam a leitura mais rápida, suspense que nos deixa agarrados e a pensar "o que vai acontecer a seguir?!", embora haja alguns momentos mais parados, quando há flashbacks ou quando algum dos maçons conta um pouco da história da Maçonaria.
Só achei que o final desiludiu um pouco... Achei que fosse acabar de maneira espectacular, com todo o mistério resolvido, e que Dan Brown nos deixasse perceber o que, afinal, aquele tesouro de sabedoria inimaginável continha. Foi o final que me deixou um pouco desapontada. Mas, no geral, é um bom livro de mistério, suspense, aventura, e para quem gosta de simbologia e tem curiosidade quanto à Franco-Maçonaria é um livro muito bom.

4/6 - Bom

Sem comentários: