20 de maio de 2011

"A Voz", de Arnaldur Indriđason, uma das grandes vozes do policial nórdico é publicado pela Porto Editora

A Porto Editora publica, no dia 26 de Maio, A Voz, um romance de Arnaldur Indriđason.
Este autor islandês, considerado já uma das grandes vozes da literatura escandinava, tem vindo a cativar leitores de todo o mundo, especialmente os apreciadores do policial nórdico, e a sua obra foi agraciada com vários prémios, como o CWA Gold Dagger e o Prémio Chave de Vidro.
Indriđason já foi crítico e realizador de cinema, mas neste momento dedica-se por completo à escrita. Em A Voz, o autor apresenta-nos um policial cuja trama se passa num famoso hotel de Reiquiavique, lotado nas vésperas do Natal, onde funcionários e hóspedes escondem passados misteriosos e ninguém é quem parece ser.
Depois de publicar O Hipnotista, de Lars Kepler, a Porto Editora reforça, com A Voz, a sua linha de policiais nórdicos de sucesso.

Título: A Voz
Autor: Arnaldur Indriđason
Páginas: 306
Sinopse:
"Gudlaugur, o velho porteiro de um dos mais famosos hotéis de Reiquiavique, é encontrado seminu e apunhalado no seu miserável quarto na cave do hotel. Mas Gudlaugur é muito mais do que um simples porteiro que também se disfarça de Pai Natal para as festas das crianças – ele é um completo mistério. Ao fim de vinte anos a trabalhar no hotel, ninguém parece conhecê-lo verdadeiramente.
À medida que a investigação prossegue, uma teia de más intenções, avidez e corrupção começa a emergir. Toda a gente - entre funcionários e hóspedes - tem algo a esconder. Mas o segredo mais chocante reside no passado da vítima, no qual o inspector Erlendur tem de mergulhar para encontrar o assassino."


Podem ler as primeiras páginas aqui: http://recursos.portoeditora.pt/recurso?&id=2577260

Sem comentários: