5 de abril de 2012

O Despertar da Magia - Opinião

Título: O Despertar da Magia (Crónicas de Gelo e Fogo - Livro 4)
Autor: George R. R. Martin
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 395

Como foi bem notado num comentário ao volume anterior, para quem não leu os livros as sinopses contém bastantes spoilers, e eu nem sequer me lembrei disso. Por isso, decidi não incluir a sinopse, desta vez.

Opinião:

Sendo a segunda parte de um mesmo volume, assistimos ao desenrolar dos acontecimentos do livro anterior. Contudo, se achei que A Fúria dos Reis foi um pouco mais parada, esta segunda parte ganhou um novo fôlego com os vários desenvolvimentos no enredo. Como não quero "spoilar" ninguém, não vou dizer grande coisa sobre a trama, a não ser isto: os Sete Reinos estão num grande tumulto, todos desconfiam de todos, nenhum local é seguro e é quase cada um por si. Nota-se um adensar da história, a evolução de várias personagens que crescem forçosamente, devido às circunstâncias, e uma presença maior de elementos mágicos e até sobrenaturais que dão um toque ainda mais misterioso à narrativa.
Mais uma vez, o livro termina com várias peças do puzzle por encaixar nos próximos livros, algo que deixa muita coisa em aberto e que aguça a vontade e curiosidade do leitor por saber mais! Perto do final há alguns "twists" interessantes e quero saber como é que os acontecimentos se vão desenrolar.

Gostei mais da leitura deste livro do que do anterior, embora tenha demorado praticamente um mês a lê-lo, ora por falta de tempo, ora por falta de vontade... As minhas personagens preferidas mantêm-se: Jon, Daenerys e Tyrion. Se bem que gostava de ter sabido um pouco mais de Jon, Robb e Daenerys. Bran conseguiu surpreender-me e parece-me que ainda vai dar bastante que falar. Acho que era interessante também ter capítulos do ponto de vista de Cersei. Gostava de ver tudo o que acontece pela perspectiva dela. De certa maneira, admiro-a.
De um modo geral, mais uma vez, as personagens são o grande forte desta saga: quer as adoremos ou odiemos estão muito bem concebidas e é o ponto de vista pessoal de cada uma delas, ao longo dos capítulos, que nos vai permitindo criar empatia (ou não) com elas. Agora fico a aguardar para ver a segunda temporada da série televisiva e pelos livros que se seguirão!

5/6 - Muito Bom

Sem comentários: