14 de abril de 2012

Beauty - Opinião

Título: Beauty
Autor: Robin McKinley
Editora: Harper Collins
Páginas: 325
Sinopse:
"Beauty has never liked her nickname. She is thin and awkward; it is her two sisters who are the beautiful ones. But what she lacks in looks, she can perhaps make up for in courage.
When her father comes home with the tale of an enchanted castle in the forest and the terrible promise he had to make to the Beast who lives there, Beauty knows she must go to the castle, a prisoner of her own free will. Her father protests that he will no let her go, but she answers 'Cannot a Beast be tamed?'
Robin McKinley's beloved telling illuminates the unusual love story of a most unlikely couple: Beauty and the Beast."

Opinião:

Quando dizia que andava a ler este livro, tive quem me dissesse: "Mas tu já não sabes a história da Bela e o Monstro?", ou "Para que é que andas a ler isso, se já sabes a história?" Mas eles não percebem!! Quem não conhece a história da Bela e o Monstro, certo? Eu até a revi o ano passado, pelos meus anos, numa ida ao cinema São Jorge com umas amigas, onde estavam a repor alguns filmes da Disney, à borla. Mas ler a história, mesmo que seja um recontar de algo que já sabemos, é completamente diferente do que vermos o filme ou, neste caso, a animação da Disney.
Posto isto, Beauty reconta a dita história que todos conhecemos, mas nem tanto assim. O que eu quero dizer com isto é que as bases estão lá mas são trabalhadas de maneira diferente, dando à história outros elementos que, para mim, fazem mais sentido na passagem deste conto para livro. Neste sentido, gostei bastante do facto da autora dar o contexto da vida familiar de Beauty, contando como era o seu dia-a-dia, a sua relação com o pai e com as irmãs mais velhas, com os livros e com o seu nome. Sim, porque apesar da sua alcunha ser Beauty, ela não se considerava tão bonita assim, preferindo o seu nome de nascimento, Honour. As primeiras 100 páginas falam-nos de tudo isto, dão-nos a conhecer Beauty, os que a rodeiam e o que lhe vai na cabeça. Mas é a partir do momento em que o Beast entra em cena que as coisas se adquirem outro fôlego.

Adorei todo e cada momento deste livro! Foi um livro que li rapidamente, lê-se mesmo muito bem e não tem um único momento aborrecido. Sempre que Beauty e Beast estavam juntos, o meu coração apertava-se porque queria que ficassem juntos logo a partir do primeiro momento! Consegue sentir-se a ternura, a desconfiança, a curiosidade, o medo, e o carinho que acaba por surgir entre os dois. E quem é que não se apaixonaria por aquela criatura? Especialmente depois de saber que ele tem uma biblioteca brutal com livros que, para a época, nem tinham sido publicados!
Robin McKinley faz um trabalho fantástico ao reproduzir este conto de fadas. A presença da magia e dos feitiços, a vida familiar acolhedora, a natureza, o castelo misterioso assim como a figura enigmática do Beast, fazem com que fiquemos agarrados às páginas e embevecidos ao testemunhar a relação que se vai desenvolvendo entre as duas personagens principais. Não consigo, com toda a sinceridade, apontar um defeito neste livro. Estava a precisar de ler algo deste género e encheu-me completamente as medidas!

6/6 - Excelente

4 comentários:

WhiteLady3 disse...

Opá! Opá! Se já queria TANTO ler este livro, agora ainda quero mais!!!

Diana Marques disse...

Vai a correr pegar no livro! Vais lê-lo num instante, que aquilo é rápido e tão munito! ^^

WhiteLady3 disse...

Não o tenho... mas isso resolve-se. :D

Diana Marques disse...

Ah! Julgava que o tinhas... Mas se quiseres, posso emprestar-to :)