11 de outubro de 2013

Morte no Nilo - Opinião

Título: Morte no Nilo
Autor: Agatha Christie
Editora: RBA Coleccionables
Páginas: 297
Sinopse (do Goodreads):
"Linnet Ridgeway é uma jovem que tem tudo: beleza, riqueza, amor... e um cruzeiro pelo Nilo para gozar a sua lua-de-mel. Mas aparece misteriosamente assassinada no seu camarote.
Um dos mais famosos casos de Hercule Poirot.
A tranquilidade de um cruzeiro ao longo do Nilo é ensombrada pela descoberta do cadáver de Linnet Ridgeway. Ela era jovem e bela; e tinha tudo… até perder a vida! Hercule Poirot apercebe-se de que, a bordo do navio, todos os passageiros são possíveis assassinos: pelas mais diversas razões, todos tinham algo a apontar a Linnet. Mas quem terá sido levado ao acto extremo de a alvejar? Ainda que tudo aponte para a mesma pessoa, o detective cedo descobre que naquele cenário exótico nada é exactamente o que parece."

Opinião:

Este é o segundo livro que leio da Agatha Christie e, por isso, estava bastante expectante para ver como é que ela me iria surpreender com o enredo desta história.

Ao contrário do outro livro que li dela, este não começa com um assassínio. As personagens que, mais tarde, vão estar envolvidas no crime têm que ser devidamente apresentadas, há que ter o contexto do que acontece antes do crime para se perceber a personalidade e as motivações de alguns dos intervenientes. Além disso, este livro passa-se no Egipto e Agatha Christie oferece-nos algumas descrições vívidas dos sítios por onde passam, que me transportaram completamente para o local. Mas eis que Linnet Ridgeway morre abordo de um cruzeiro e aqueles que lá se encontram tornam-se suspeitos. Felizmente, temos lá o Poirot que acaba por resolver o mistério, mesmo com alguns elementos que o confundem, no início.

E, mais uma vez, fui surpreendida. Pensei em algumas personagens como possíveis culpados, mas quando tomamos conhecimento de todos os factos, ficamos de boca aberta a olhar para as páginas. Li este livro num ápice. Agatha Christie tem uma escrita muito simples, directa ao assunto, mas envolvente, que agarra o leitor e não o deixa pousar o livro até saber o que de facto aconteceu. Queremos estar com Poirot, seguir as suas pegadas, o seu raciocínio e chegar até à verdade dos factos.

Gostei muito deste livro. Gosto bastante de policiais, livros de crime e mistério, e sei que vou apostar mais ainda em Agatha Christie que, apesar de só ter lido dois livros dela, já percebi que os escreve com maestria.

5/6 - Muito Bom

(Esta leitura conta para o desafio Monthly Keyword Challenge 2013)

Sem comentários: