31 de dezembro de 2014

Balanço 2014 e Planos para 2015

E eis que finda mais um ano e aqui estou eu para fazer o balanço da minha vida literária.
Este ano consegui voltar ao meu ritmo de leituras mas, a partir de Outubro, esse ritmo voltou a diminuir com a minha volta às lides académicas. No entanto, ainda consegui ler 34 livros! Se contarmos os livros para o doutoramento então foram 38. Preparados para estatísticas? Aqui vamos!


(imagem daqui)


DESAFIOS

Este ano meti-me em tudo o que era desafio. Ou quase... A coisa corria bastante bem até Setembro/Outubro, altura em que começou a descambar por causa da minha falta de tempo. Inscrevi-me num total de quatro desafios: o Monthly Motif Challenge, o Monthly Keyword Challenge, o TBR Pile Reading Challenge e o Reading Challenge do Goodreads. Fora estes que decorreram durante todo o ano, também me estreei na Bout of Books, participando nas três (9.0, 10 e 11) que aconteceram este ano!
O desafio do Goodreads correu bem, uma vez que me propus a ler 30 livros e acabei com 34. O TBR Pile também consegui atingir os 30 livros que esperava. Agora os outros dois ficaram pelo caminho. O Monthly Motif fiquei com quatro meses em que não li segundo os temas, e o Monthly Keyword ficou para trás logo em Agosto...

Para as leituras temáticas ainda li o Outlander e o Letters From Skye, para a Leitura Temática da Escócia, e o Fahrenheit 451 para o Adult Dystopia Challenge. Dos livros que me tinha proposto ler, também acho que me saí bem: de um total de 12 consegui ler 7. Sendo assim, o ano não foi assim tão mau, deixando dois desafios para trás, cumprindo outros dois, participando em todas as Bout of Books e lendo três livros para leituras temáticas. 

LEITURAS

Como já referi, consegui ler 34 livros este ano, o que superou a minha marca do ano passado, embora no último trimestre do ano só tenha conseguido ler dois livros. Ainda assim, considero que foi um ano muito positivo, uma vez que li coisas variadas, experimentei novos autores, viajei até novos continentes e países, terminei duas sagas (ok, não terminei As Crónicas de Gelo e Fogo, mas li os livros todos que estão publicados até hoje!) e fiz uma leitura conjunta no Só Ler Não Basta.
Então destes 34 livros vamos lá fazer o TOP deste ano. Era para ser um TOP 5, como nos outros anos, mas este ano não consigo! Assim, ficam os melhores que li em 2014:

Life of Pi, de Yann Martel
Half of a Yellow Sun, de Chimamanda Ngozi Adichie
Rebecca, de Daphne du Maurier
As Dez Figuras Negras, de Agatha Christie
A Casa das Sete Mulheres, de Leticia Wierzchowski
Letters From Skye, de Jessica Brockmole
Beloved, de Toni Morrison

BIBLIOFILICES

E aqui vão uma espécie de estatísticas do ano.

Total de livros lidos: 34
Total de livros adquiridos (comprados e oferecidos) - 9
Meses com mais livros lidos - Maio e Agosto, com 6 livros cada
Meses com menos livros lidos - Setembro, Novembro e Dezembro, só com 1 livro lido em cada
Média de classificações - 4,6
Livros com classificações mais altas - Life of Pi, As Dez Figuras Negras, Letters From Skye
Livros com classificações mais baixas - The Ocean at the End of the Lane

A grande surpresa, este ano, foi a quantidade de livros que cá vieram parar a casa. Este ano só comprei três livros e foram-me oferecidos 6, sendo que cinco desses livros são os da saga do George R. R. Martin em inglês. O ano passado tinham sido 35. Grande diferença! Penso que estou mais contida na compra dos livros e quando compro são aqueles que eu quero mesmo, mesmo ter. Além disso, o Kobo também ajuda a poupar nesse aspecto. Se eu vos dissesse quantos livros vieram parar ao Kobo... Vou só referir que já lhes perdi a conta.
Mais coisas a acrescentar: ainda não acredito que desisti de um livro da Margaret Atwood, mas pronto... Fiquei a conhecer, finalmente, Claire e Jaime do livro Outlander, fui até África com a Chimamanda Ngozi Adichie, fui à Índia com o Yann Martel e viajei pela América do Sul através do mês temático Latino-Americano. Gostei muito do que conheci e fiquei desejosa de apostar mais em autores oriundos de fora da Europa.

PLANOS PARA 2015

Este ano não vou fazer planos. Mas não vou mesmo! Não vou participar em desafios porque sei que não vou ter tempo nem cabeça para os cumprir. Quanto a maratonas literárias, nomeadamente a Bout of Books, ainda não sei se vou participar. A primeira é já em Janeiro, e eu sei que esse mês vai ser um pouco mais folgado, mas logo se vê. Continuo ali com as leituras temáticas porque posso ir lendo os livros conforme me for apetecendo e é isto que vou fazer durante o ano. Não vou seguir directrizes nem estar preocupada se o livro que estou a ler encaixa neste ou naquele desafio. Vou ler aquilo que me apetecer e já delineei alguns livros que gostaria de ler no próximo ano, para não me esquecer. Vou, no entanto, participar no desafio do Goodreads e no Mount TBR Reading Challenge, uma vez que não exigem ler livros dentro de temas específicos ou com determinadas palavras. Resume-se somente a ir contabilizando os livros que se vai lendo. Fora isto, não vai haver desafios aqui no blog.

Outra coisa que já fiz, inspirada por este post da Telma, foi dar uma volta à minha wishlist e aos ebooks que cá tenho. Vi que livros lá estavam, se ainda me continuavam a suscitar curiosidade ou não. Não sou a mesma pessoa de há dois, três ou quatro anos atrás, e é natural que livros que me interessavam ler na altura já não me interessem agora. Por isso já fiz uma limpeza e apaguei imensos livros, mais de cem. Por isso, vou começar o ano mais leve!
Quero, também, apostar mais em autores de língua portuguesa. É uma falha minha muito grande, e quero tentar ler: Afonso Cruz, José Saramago, Gonçalo M. Tavares, José Eduardo Agualusa e Valter Hugo Mãe.

A meta de 2015? Se conseguir ler nem que seja um livro por mês, já me sinto satisfeita!

Desejo a todos um feliz 2015!!

Diana

5 comentários:

Célia disse...

Bom 2015, Diana! Espera que te traga tudo de bom, com excelentes leituras :)

Isaura Pereira disse...

Bom ano de 2015!

Mesmo sem desafios, que o ano traga muitas e boas leituras!

Beijinhos

Diana Marques disse...

Célia: Obrigada! Que o próximo ano seja recheado de coisas boas para ti e de livrinhos bons também :)

Isaura: Um feliz 2015 para ti também! :)

WhiteLady3 disse...

Os livros que não terminaste são daqueles em que não vais mesmo voltar a pegar ou ainda achas que és capaz de lhes dar outra chance?

Diana Marques disse...

Não sei, provavelmente vão ficar de lado, embora se calhar dê uma segunda hipótese ao da Margaret Atwood. Porque é a Margaret... :P