Words of Radiance - Opinião

Título: Words of Radiance (Stormlight Archive #2)
Autor: Brandon Sanderson
Editora: Tor Books
Páginas: 1310
Sinopse:
"The Knights Radiant must stand again.
The ancient oaths have at last been spoken; the spren return. Men seek what was lost; I fear the quest will destroy them.
It is the nature of the magic. A broken soul has cracks into which something else can be fit. Surgebindings, the powers of creation themselves; they can brace a broken soul, but they can also widen its fissures.
The Windrunner is lost in a shattered land, balanced upon the boundary between vengeance and honor. The Lightweaver, slowly being consumed by her past, searches for the lie that she must become. The Bondsmith, born in blood and death, now strives to rebuild what was destroyed. The Explorer, straddling the fates of two peoples, is forced to choose between slow death and a terrible betrayal of all she believes.
It is past time for them to awaken, for the Everstorm looms. And the Assassin has arrived."

Opinião:

Ora então, depois de seis meses a ler este livro, à semelhança do livro anterior, eis-me aqui, no último dia do ano a escrever a minha opinião.

Words of Radiance vai pegar, precisamente, nos acontecimentos finais do livro anterior e continuar a história de todas as personagens que já conhecemos: Kaladin, Shallan, Dalinar, Adolin, Jasnah e outras tantas mais secundárias mas igualmente marcantes como Lift, Eshonai, Szeth e Wit. Neste livro temos vários acontecimentos importantes que vão despoletar profecias antigas sobre os Voidbringers, sobre os Knights Radiant, mas também sobre momentos tão temidos como a Desolation. Surgem novas revelações sobre as capacidades e habilidades dos Surgebinders, sobre o surgimento das Spren e sobre os antigos deuses que deixaram fragmentos da sua magia no mundo de diversas formas.

O que posso dizer é que este mundo é tão vasto e complexo, com tantas ramificações e tentáculos, que é impossível apreendê-lo só com uma leitura dos seus livros e exige um compromisso maior do leitor que, por si próprio, tem de ir ler textos complementares se quiser entender melhor o universo de Cosmere e tentar descortinar o caminho que o autor está a trilhar. Estes livros são fascinantes e muito bem escritos, principalmente no que toca às personagens. Cada vez gosto mais delas, acho que as relações que vão estabelecendo uns com os outros estão muito bem caracterizadas e adorei momentos particulares com Kaladin, Shallan e Adolin, principalmente. Mas este já não é um livro de introdução às personagens e àquele mundo. É um livro onde o conhecimento sobre outras matérias mais complexas é aprofundado e que causam mais perguntas ao leitor - sim, se acham que este livro vai responder às vossas dúvidas, quaisquer que elas sejam, esqueçam. É mais informação, mais dados que vão encaixando para formar um mega puzzle, mas esse puzzle está longe de estar formado.

Eu acho que Brandon Sanderson não sabe escrever um livro mau e os seus livros são prova disso. Os livros desta saga Stormlight Archives são enormes, mais de 1000 páginas cada um, mas não é por isso que se tornam aborrecidos e maçadores. Sanderson sabe captar a nossa atenção e pôr a nossa imaginação a trabalhar perante tudo aquilo que nos apresenta. As intrigas, as descobertas, os diálogos, as relações pessoais, a magia, a mitologia por detrás de todas as questões importantes, tudo faz sentido, tudo atrai o leitor para saber mais. 

Eu adorei este livro, tal como adorei o anterior, e quero muito ler o próximo, Oathbringer. Mas não para já, porque quero ler outras coisas e tenho outros planos. Recomendo estes livros vivamente a quem gosta de fantasia épica complexa, que nos obriga a ir ler mais para conseguirmos abarcar este mundo por completo e que não tenha medo do número de páginas  que os livros têm.

Além disso, têm sempre o blog da Patrícia, o Ler Por Aí, que também anda neste mundo de Cosmere e tem escrito tanto sobre os livros, como partilhado textos sobre Sanderson e sobre o mundo criado por ele. Há, ainda, uma espécie de Wikipédia sobre os Stormlight Archives onde se pode encontrar mais informação sobre as personagens, os conceitos, a magia, os deuses, tudo. Está lá praticamente tudo.

Acho que não podia ter acabado o ano da melhor forma e só tenho coisas boas a dizer sobre o autor e a sua obra. Leiam Brandon Sanderson! Não sabem o que andam a perder.

6/6 - Excelente

Comentários

Mensagens populares deste blogue

The Heroin Diaries

O Último Cabalista de Lisboa - Opinião

As Velas Ardem Até ao Fim - Opinião