31 de maio de 2010

Novidades Planeta para Junho

Aqui ficam os lançamentos da editora Planeta para o próximo mês de Junho.

Título: A Cidade de Vidro (3º volume da série Caçadores de Sombras)
Título: Cassandra Clare
Sinopse:
"Neste livro, Clary tem de ir até à Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, para tentar salvar a mãe. Mesmo ciente de que não pode entrar sem autorização, e que infringir a lei pode significar a morte, Clary não hesita. Para piorar as coisas, Clary descobre que Jace não a quer lá e que Simon foi preso pelos Caçadores que, de resto, continuam bastante desconfiados do facto de um vampiro poder suportar a luz do dia.
Mas nem tudo é mau. À medida que descobre novidades acerca do passado da sua família, Clary encontra um aliado (Sebastian) no misterioso mundo das sombras. Conseguirão eles destruir os seus inimigos de sempre? Até onde está Jace disposto a arriscar? E Valentine, suportará abrir mão de todas as suas conquistas anteriores?
Dona de um talento invulgar na área da fantasia urbana, um subgénero da fantasia contemporânea, em que acontecimentos mágicos têm lugar no mundo real, Cassandra Clare apresenta em A Cidade de Vidro uma ficção realista que acaba por explorar o sentimento de pertença, amor, amizade e a lealdade."

Título: O Livro Inacabado de Dickens
Autor: Mathew Pearl
Sinopse:
"Quando morreu, em 1870, Charles Dickens estava a escrever O Mistério de Edwin Drood, um romance policial, novidade na altura, a pedido do seu amigo Wilkie Collins. Com 6 capítulos finalizados, a história ia apenas a meio. Como quereria Dickens terminá-la ninguém sabe, embora muito se tenha especulado desde então.
Em O Livro Inacabado de Dickens, Matthew Pearl parte deste acontecimento inesperado para recriar a Londres vitoriana, com capas e bengalas e candeeiros a gás, para mergulhar nos antros de ópio da cidade londrina, para desmontar a pirataria e a rivalidade literária entre Boston e Londres e para rever toda a obra do grande romancista inglês. Tudo isto ganha vida no romance de Matthew Pearl.
Fazendo uso de flashbacks, o autor vai intercalando figuras históricas, como Osgoog, editor da Fields & Osgood, com personagens ficcionadas, factos reais com situações imaginadas, muita intriga, homicídios, reviravoltas inesperadas e até um louco que diz que se chama Dick Datchery, uma personagem do romance incompleto de Dickens.
Quando a notícia da morte inesperada de Dickens chega aos escritórios da sua editora em Boston, Osgoog decide partir para Londres na esperança de encontrar o manuscrito de Dickens. Para ele, não se trata apenas de resolver um mistério mas também de uma tentativa de salvar a sua editora da ruína financeira em que se encontra.
Mas localizar a continuação do romance de Dickens revela-se mais difícil e perigoso do que Osgood inicialmente previra. E, afinal, haverá conclusão para a história iniciada por Dickens?
Charles Dickens é um nome incontornável da literatura anglo-saxónica. Os títulos dos seus livros formam uma enorme lista de êxitos, Oliver Twist, David Copperfield e Grandes Esperanças, entre outros."

Título: A Abadia Profanada
Autor: Montserrat Rico Góngora
Sinopse:
"A Abadia Profanada, tal como o anterior livro da autora, é um romance baseado em factos reais. A história parte de um acontecimento histórico, a visita de Heinrich Himmler, um dos homens mais poderosos da Alemanha Nazi, em Outubro de 1940, à abadia de Montserrat (em Barcelona) e desenrola-se em torno da demanda do Santo Graal. Diz a lenda que o Cálice Sagrado foi levado para o Mosteiro de Montserrat pelos últimos templários e que aí foi escondido numa das grutas da montanha.
Partindo deste acontecimento, que supostamente fazia parte das investigações acerca da localização do Santo Graal, algo que há muito fazia parte dos planos do regime Nazi, Montserrat investigou a obsessão de Himmler em torno do Santo Graal, chegou à fala com um monge que o conheceu e teceu uma história onde se vislumbram as tendências esotéricas do regime chefiado por Hitler.
Numa entrevista da autora concedida a Europa Press, Rico Góngora assegurou que o Nazismo «procurava um talismã que o ajudasse a vencer a guerra e a prolongar o Reich» e, por ele, lançou-se numa busca em diferentes pontos da Europa.
A história tem início na violenta discussão entre Himmler e o monge Ripoll, em Montserrat, cuja visita a Barcelona acabou eclipsada devido ao facto de ter tido lugar no mesmo dia em que se deu o encontro entre Franco e Hitler, em Hendaya, e prossegue com Montserrat Rico Góngora a reconstruir toda uma época determinante para um novo rumo mundial."

Título: Bat Pat: Bruxas à Meia Noite; Bat Pat: O Tesouro do Cemitério
Sinopse:
"BAT PAT é escritor e a sua especialidade são os livros de terror, aqueles que falam de bruxas, fantasmas, cemitérios e coisas verdadeiramente assustadoras.
Os seus amigos são a Rebecca, o Martin e o Leo. A Rebecca adora aranhas, ratos e sapos, o Martin é o intelectual do grupo e o Leo, tão ou mais medricas do que o Bat Pat, não perde uma oportunidade que seja para dizer: «E se petiscássemos qualquer coisa?».
É com eles que BAT PAT vai investigar o mistério da estranha sombra (será um fantasma?) que anda a rondar os túmulos do cemitério e o curioso caso das casas invadidas… pela chaminé!"

Fonte: Diário Digital

Sem comentários: