28 de julho de 2010

Novidades Dom Quixote para Agosto

A saírem para as livrarias a 28 de Agosto, aqui estão os próximos lançamentos da editora Dom Quixote:

Título: O Bom Inverno
Autor: João Tordo
Colecção: Autores de Língua Portuguesa
Sinopse:
"Quando o narrador – um escritor frustrado e hipocondríaco – se desloca a Budapeste para um encontro literário, está longe de imaginar até onde a literatura o pode levar. Planeando uma viagem rápida e sem contratempos, acaba por conhecer um escritor italiano mais jovem, mais enérgico e muito pouco sensato, que o convence a ir com ele até Sabaudia, em Itália, onde o famoso produtor de cinema Don Metzger reúne um leque de convidados excêntricos numa casa escondida no meio de um bosque.
Neste romance absorvente e magnificamente narrado, com alguns dos melhores diálogos da literatura portuguesa, João Tordo, cuja obra passará a ser editada pela Dom Quixote, coloca a sua arte ao serviço de uma história carregada de suspense, em que o amor e a literatura se misturam com sexo, crime e metafísica. "

Título: Crimes
Autor: Ferdinand Von Schirach
Colecção: Ficção Universal
Sinopse:
"Um amável e conceituado médico mata a mulher à machadada, após quarenta anos de casamento. Depois desmembra-a e entrega-se à polícia. A sua confissão é tão espantosa como o castigo com que é punido.
Um homem assalta um banco e, por mais incrível que isso possa parecer, tem todas as razões para o fazer. Contra toda e qualquer probabilidade, é a própria Justiça que o irá salvar.
11 Histórias que nos perturbam pela fria representação da banalidade do mal."

Título: O Oficial Polaco
Autor: Alan Furst
Colecção: Ficção Universal
Sinopse:
"Setembro de 1939. Quando Varsóvia está a ponto de cair nas mãos da Wehrmacht de Hitler, o capitão Alexander de Milja é recrutado pelos serviços secretos da recém-formada resistência polaca. A sua missão é transportar para um local seguro as reservas de ouro do Banco Nacional da
Polónia, escondidas num comboio de refugiados.
O Oficial Polaco é o livro mais vendido de Alan Furst e aquele que o consagrou internacionalmente como o mais destacado autor de romances policiais dos Estados Unidos."

O ABC da Crítica, de Nuno Júdice - Para que serve a crítica questiona-se quem considera que o leitor deve encontrar as perguntas que o texto coloca, procurando dar-lhes uma resposta, já que a simples leitura não tem esse fim. Se, ao ler a crítica, o leitor tiver encontrado ao menos uma resposta às interrogações que cada obra coloca, o objectivo da crítica pode dar-se por satisfeito.

O Império do Efémero, de Gilles Lipovetsky - Editado em França, em 1974, este estudo da moda gerou enorme controvérsia na altura por avaliar os efeitos da moda na vitalidade das democracias e na autonomia dos indivíduos.
A Dom Quixote reedita agora este clássico da filosofia.

História da Filosofia, de Jean Pradeu - O leitor é guiado pelo pensamento e pelas obras dos principais filósofos, desde a Antiguidade grega até às mais recentes questões da modernidade.

Estrutura e Dinâmica das Organizações, de Henry Mintzerg - Reedição de um clássico da gestão.

Sem comentários: