17 de fevereiro de 2011

"Demasiados Heróis", de Laura Restrepo na Porto Editora

A colecção Grandes Autores verá publicado o seu segundo livro no dia 24 de Fevereiro: Demasiados Heróis, de Laura Restrepo. Depois de Richard Russo, eis mais uma autora de topo que merece entrar na colecção de prestígio da Porto Editora.
Considerado um dos grandes nomes da literatura latino-americana, Laura Restrepo foi militante clandestina durante a ditadura argentina. Em Demasiados Heróis, este contexto é essencial para o desenrolar de uma história que traz ao de cima o conflito de gerações.


Título: Demasiados Heróis
Autor: Laura Restrepo
Colecção: Grandes Autores
Páginas: 208
Sinopse:
"Lorenza e Mateo chegam a Buenos Aires em busca de Ramón, o antigo amante de Lorenza e pai de Mateo, por quem ela se apaixonou durante a «guerra suja» argentina, quando os dois eram fervorosos militantes que se opunham à ditadura de Videla. Agora, mãe e filho, embora se encontrem encurralados no mesmo quarto de hotel, estão muito distantes quanto à forma exacta de achar o pai.
Lorenza, que chegou à idade adulta no meio do torvelinho político dos anos sessenta, reflecte sobre as suas antigas convicções ideológicas e emocionais; o filho, um miúdo dos anos noventa que não se interessa de todo pela política nem pela ideologia, procura um pai real, de carne e osso.
Laura Restrepo, um dos maiores nomes da literatura latino-americana, oferece-nos, em Demasiados Heróis, um romance exemplar sobre o conflito de gerações."

Primeiras páginas aqui: http://recursos.portoeditora.pt/recurso?&id=2398398

Sem comentários: