10 de fevereiro de 2011

A Guerra dos Tronos - Opinião

Título: A Guerra dos Tronos (As Crónicas de Gelo e Fogo - Livro 1)
Autor: George R. R. Martin
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 400
Sinopse:
"Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da soberana. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard apercebe-se que também a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo.

Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga. Entre eles estão o anão Tyrion, a ovelha negra do clã Lannister; John Snow, um bastardo de Eddard Stark que, ao ser rejeitado pela madrasta, decide juntar-se à Patrulha da Noite, uma legião encarregue de guardar uma imensa muralha de gelo para lá da qual cresce uma assustadora ameaça sobrenatural ao reino. E ainda a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert Baratheon, que pretende ressuscitar os dragões do passado e, com eles, recuperar o trono, custe o que custar."

Opinião:

O primeiro pensamento que me vem à cabeça é: porque é que eu esperei tanto tempo para começar a ler esta saga?! Confesso que comecei a ler fantasia há relativamente pouco tempo e, por isso, é ainda um mundo que eu ando a explorar. Mas, apesar de ainda só ter lido um livro, posso-vos dizer que promete e que estou ansiosa para ler os restantes.
Primeiro que tudo, o livro no seu original, em inglês, chama-se A Game of Thrones e tem cerca de 1000 páginas. Na sua tradução para português, cada livro está divido em dois e, por isso, apesar de já ter terminado um livro, isto só significa que vou a metade do primeiro livro original, em inglês. Assim, em português o A Game of Thrones divide-se em dois livros: A Guerra dos Tronos (primeira parte) e A Muralha de Gelo (segunda parte). Posto estes detalhes técnicos, vamos ao livro propriamente dito.

Apesar de muito rico em personagens, os protagonistas desta história são a família Stark, que habita o norte de Westeros, em Winterfell. E quando toca a personagens há que elogiar a maestria da construção das mesmas, desde o seu aspecto físico às suas personalidades marcadamente diferentes uns dos outros. Todos eles são importantes e todos têm o seu papel numa história bastante complexa. E é através dos olhos de cada personagem que vemos a história desenrolar-se, já que cada capítulo tem o nome de uma delas, indicando qual a perspectiva a adoptar. Confesso que os meus preferidos são Jon Snow, Eddard Stark, Tyrion Lannister e Daenerys Targaryen.

Outro ponto forte é o enredo em si. Cheio de narrativas dentro de narrativas, intrigas que se vão tecendo à medida que o tempo passa, o enredo é complexo mas aliciante. Queremos saber mais e mais conforme vamos passando as páginas e, mesmo que tentemos adivinhar quem fez o quê, não conseguimos descortinar nada! A narrativa sucede-se e nós mal damos por isso de tão embrenhados que estamos. Pelo menos, comigo foi isso que aconteceu. De tal maneira que, ao acabar este livro me dei conta de uma coisa: no início da história, a família Stark está toda junta no seu território; no fim, cada um se encontra num sítio diferente do território de Westeros.

Penso que qualquer coisa que eu escreva aqui, será pouco para descrever a riqueza desta obra, ainda que este primeiro livro seja só metade do livro em inglês. Contudo, posso dizer que vários elementos que me agradam, se conjugam neste livro: mistério, aventura, magia, fantasia e intriga. Todos eles fazem com que a leitura deste livro seja fácil e com que se devore cada página na ânsia de se saber o que vai acontecer a seguir. Aconselho vivamente a sua leitura pela sua riqueza narrativa e pelo mundo fantástico que ele evoca. As descrições do espaço são verdadeiramente espantosas, o nosso apego às personagens é demasiado fácil e a trama agarra o leitor a cada página que passa.

5/6- Muito Bom

Sem comentários: