Avançar para o conteúdo principal

Top Ten Tuesday - 10 Confissões de Blogger


Ser blogger - essa actividade maravilhosa que só ocupa 15 minutos do nosso tempo e não nos exige mais nada. (NOT!) Há pessoas que pensam isto, mas não têm noção do trabalho que dá manter um blog. E, no entanto, eu não faço muita coisa que outros blogs fazem e que exigem mais trabalho ainda. Mas já fiz, por isso tenho noção do esforço. No entanto, o Top Ten Tuesday de hoje convida-nos a usar o blog enquanto confessionário, hehehe! Aqui vão as minhas confissões.

1. A minha pilha de livros aumentou exponencialmente - Isto não é tanto uma confissão, é mais um facto. Desde que criei o blog e que comecei a seguir outros blogs do género, a minha lista de livros que quero ler aumentou imenso! Sempre que vejo uma opinião favorável, de alguém em quem confio, e se considerar o livro interessante, o mais provável é que vá para a wishlist.

2. Sofro de preguicite aguda - Este é um dos meus maiores defeitos em geral. Para tudo. E no caso do blog, isto aplica-se às ideias que tenho para vários textos, que tomo nota no telemóvel, ou num caderno, mas depois as ideias acabam por ficar por ali mesmo. Nunca chego a escrever os textos por preguiça... (shame on me!)

3. Farto-me facilmente do layout do blog - Isto acontece, principalmente, na mudança de estação. Não sei porquê, mas de tempos a tempos aborreço-me com a aparência do blog e acabo por ir mudando algumas coisas. Se calhar porque ainda não encontrei um que me satisfizesse completamente. E depois vejo aqueles que estão todos tão bonitinhos e arrumadinhos e tão "eye-friendly" e fico com uma invejinha...

4. Enquanto blogger, sinto que leio pouco - Em comparação com outros bloggers. Mas o facto é que todos temos ritmos de leituras diferentes, e lemos coisas diferentes, por isso eu sei que este ponto é um bocado parvo. Mas a verdade é que admiro gente que lê 50, 100, 200 livros por ano e que de 3 em 3 dias tem uma opinião nova no blog. Desde que sejam livros com qualidade, claro, e não ler qualquer coisa só para se dizer que se leu muito...

5. Por vezes altero as minhas leituras por causa do blog - O facto de ter um blog e de ter que escrever opiniões de forma regular, faz com que eu deixe de ler determinados livros em prol de outros. Por exemplo: pode apetecer-me ler um calhamaço de 1000 páginas, mas provavelmente não o vou fazer, trocando-o por um livro mais curto, porque gosto de manter um certo ritmo de opiniões no blog. Se bem que agora até estou a ler o Outlander que tem 800, mas pronto...

6. Não comento tanto como devia - Às vezes passo nos blogs que acompanho e apetece-me dizer algo sobre um determinado post, mas acabo também por não o fazer. Acho sempre que aquilo que vou dizer não tem importância, ou não tem valor, e o comentário acaba por não sair... E às vezes publico comentários aqui no blog, mas esqueço-me de lhes responder! Peço desculpa...

7. Ás vezes tenho saudades de não ser blogger - Não estou arrependida em ter criado o blog, nem quero desistir dele. O que quero dizer é que com o blog acabou um pouco aquele sentimento de ir, por exemplo, à livraria procurar um livro ao calhas, sem qualquer influência de nada nem ninguém. Enquanto blogger acabo por reconhecer muitos livros, lembrar-me de algumas críticas e acabar por não comprar certos livros (ou comprá-los), por causa disso. O elemento surpresa acabou um pouco, porque faço pesquisa sobre um livro antes de o ir comprar.

8. Nunca sei como reagir quando me dizem que seguem o meu blog - Por vezes lá calha alguém dizer-me que segue o meu blog e que lê as minhas opiniões. Nunca sei como reagir a isto, se com um "Yay! Que fixe! E o que achas?" ou com um "C'horror!! Não! Tu lês as bodegas que eu escrevo!!" Inseguranças? Eu? Não sei o que é isso...

9. Nunca fiquei farta do blog - Em cinco anos enquanto blogger, nunca me senti farta disto. Gosto imenso de escrever opiniões, de dizer o que achei de um livro, de escrever estas pequenas rubricas e, apesar de por vezes o tempo ser escasso, nunca me fartei do blog.

10. Quando acabo um livro nunca publico logo a minha opinião - Normalmente vou tirando algumas notas durante a leitura e no final reuno-as todas e escrevo o texto da opinião, mas nunca a publico na hora. Normalmente no dia seguinte revejo-a, vejo se não tem erros ortográficos/gramaticais, se o texto está bem escrito e estruturado, se faz sentido e se é claro, e então publico-o.

(O Top Ten Tuesday é uma rubrica semanal da autoria do blog The Broke and the Bookish)

Comentários

WhiteLady3 disse…
Revejo-me em tanto do que dizes, sobretudo nos pontos 2 e 6. Eu já me fartei do meu blog, mas era parva e ambicionava algo que jamais poderia dar certo. E já tive mais saudades de não ser blogger. Agora como tenho menos tempo e, convenhamos, menos paciência, tenho seguido cada vez menos blogs e há novidades, ou não tão novidades assim, que ainda me surpreendem por os encontrar nas livrarias. Sim, faço pesquisa antes de encontrar mas até já tem sido mais "uh, olha este livro não sabia que tinha saído, deixa apontar o nome para depois ir investigar".
Diana Marques disse…
Preguiça power!! xD

Olha, devia ter acrescentado este ponto também: acabo por ser mais selectiva nos blogs que leio, porque muitas vezes é mais do mesmo, têm todos a mesma coisa e torna-se repetitivo. Por isso, leio muito menos blogs agora do que lia quando comecei. Uma pessoa acaba por filtrar aquilo que lhe interessa.
WhiteLady3 disse…
Eu sei que é inevitável. Se lemos uma crítica favorável a um livro queremos lê-lo também, mas ver constantemente os mesmos livros, quase sempre as mesmas palavras(!) a serem usadas para falar do livro. Até começa a ver-se as mesmas ideias. Uma pessoa satura. :/
Jacqueline' disse…
gostei imenso das confissões :) Quando era uma blogger mais ativa ainda mais me revia nas confissões, mas agora que tenho um ritmo muito mais lento, confesso que tenho saudades