Dark Matter - Opinião

Título: Dark Matter
Autor: Blake Crouch
Lido no Kobo
Sinopse: 
"“Are you happy with your life?” 


Those are the last words Jason Dessen hears before the masked abductor knocks him unconscious. 

Before he awakens to find himself strapped to a gurney, surrounded by strangers in hazmat suits. 

Before a man Jason’s never met smiles down at him and says, “Welcome back, my friend.” 

In this world he’s woken up to, Jason’s life is not the one he knows. His wife is not his wife. His son was never born. And Jason is not an ordinary college physics professor, but a celebrated genius who has achieved something remarkable. Something impossible.

Is it this world or the other that’s the dream? And even if the home he remembers is real, how can Jason possibly make it back to the family he loves? The answers lie in a journey more wondrous and horrifying than anything he could’ve imagined—one that will force him to confront the darkest parts of himself even as he battles a terrifying, seemingly unbeatable foe."

Opinião:


Dark Matter é um livro de ficção científica onde nos é contada a história de Jason Dessen. Um homem que leva uma vida pacata, professor de Física numa universidade, casado com Daniela com quem tem um filho adolescente, Charlie. Até que um dia é raptado por um desconhecido e acorda num mundo semelhante ao seu, mas diferente. Neste mundo a sua vida não é a mesma, ainda que ele continue a ser Jason Dessen. Não é casado com Daniela, Charlie não existe e nesta vida é considerado um génio da Física, tendo conquistado inúmeros prémios científicos. A partir deste momento, Jason tenta fazer sentido daquilo que lhe aconteceu e tenta voltar ao seu mundo, à sua vida, sem enlouquecer no meio deste processo. 

O que o autor explora neste livro é o conceito de multiverso, ou universos paralelos, em que cada decisão diferente de Jason deu origem a diversos mundos paralelos. Chegamos a conhecer alguns deles e isto levou-me a pensar, tal como leva a personagem, na quantidade de coisas que podiam ou não podiam ter acontecido se cada um de nós tivesse feito uma escolha diferente. 

É um livro muito interessante, neste aspecto, e muito bem escrito, com uma narrativa que não nos faz sentir entediados, antes pelo contrário. À medida que ia lendo, queria saber mais sobre os vários Jasons que ia conhecendo, as várias escolhas, os vários mundos possíveis, e como a história ia terminar. As considerações científicas estão bem fundamentadas sem serem enfadonhas (aliás, nos agradecimentos ele agradece, precisamente, a vários cientistas que o ajudaram na formulação deste tipo de teorias), o ritmo dos acontecimentos faz com que a leitura seja rápida e que o leitor fique agarrado ao livro para saber o que vai acontecer. 

Gostei muito do livro e da história, da escrita do autor que é simples e directa, sem grandes floreados, mas que pinta um cenário onde vários mundos se desenrolam à nossa frente devido às várias escolhas diferentes que Jason toma. E se houver mundos paralelos com várias outras Dianas? Que Dianas serão elas? É interessante fazer este exercício também. E penso que os bons livros fazem isto, levam-nos a estas reflexões, ajudam-nos a pensar fora da caixa e a pensar que poderá existir algo para além daquilo que vemos. É o primeiro livro que leio do autor, mas fiquei curiosa para ler mais.

Este livro também está disponível em português com o título Matéria Escura, publicado pela editora Suma de Letras. Vai ser, brevemente, adaptado para cinema e estou muito curiosa para ver o resultado final.

5/6 - Muito Bom

Comentários

Mensagens populares deste blogue

The Heroin Diaries

O Último Cabalista de Lisboa - Opinião

As Velas Ardem Até ao Fim - Opinião