29 de agosto de 2019

A Game of Thrones - Opinião

Título: A Game of Thrones (A Song of Ice and Fire, vol.1)
Autor: George R. R. Martin
Editora: Bantam Books
Páginas: 837
Sinopse:
"In a land where summers can last decades and winters a lifetime, trouble is brewing. The cold is returning, and in the frozen wastes of the north of Winterfell, sinister and supernatural forces are massing beyond the kingdom's protective Wall. At the center of the conflict lie the Starks of Winterfell, a family as harsh and unyielding as the land they were born to. Sweeping from a land of brutal cold to a distant summertime kingdom of epicurean plenty, here is a tale of lords and ladies, soldiers and sorcerers, assassins and bastards, who come together in a time of grim omens. Amid plots and counterplots, tragedy and betrayal, victory and terror, the fate of the Starks, their allies, and their enemies hangs perilously in the balance, as each endeavors to win that deadliest of conflicts: the game of thrones.

Opinião:

Depois de muito tempo com este livro, eis que acabei a releitura do primeiro volumeda saga As Crónicas de Gelo e Fogo! Como disse aqui, estou a reler os livros para o meu doutoramento e parece que voltar a partilhar as minhas leituras no blog e também no Instagram tem-me ajudado a ganhar novo fôlego. Antes de escrever esta opinião decidi ir ler o que escrevi sobre este primeiro volume quando o li pela primeira vez, em 2011 (aqui e aqui). 

É tão engraçado fazer estas retrospectivas e ver se o que sentimos agora se assemelha, ou não, ao que sentimos naquela altura. E, apesar de já saber o que ia acontecer na narrativa, não deixei de me sentir envolvida naquelas histórias e com aquelas personagens. Claro que a minha atenção era outra (agora académica) e, por isso, tive em atenção umas coisas mais do que outras, mas se há coisa que se mantém é a qualidade da prosa do autor. Martin conta uma história como ninguém: constrói um mundo rico e complexo, com muitas camadas que vão sendo deslindadas ao longo não só deste volume, mas ao longo de todos os livros, e penso que são estas camadas, esta densidade psicológica, geográfica e cultural que nos prendem enquanto leitores.

Voltei a adorar a forma como as personagens estão escritas e são apresentadas ao leitor, voltei a adorar Ned Stark, Jon Snow, Arya e Tyrion. E mesmo quando sabia que podia ler na diagonal algumas partes (convenhamos: eu ia à procura de coisas em específico e não tenho muito tempo!!), acabava por ficar a lê-las, por causa da prosa de Martin. Mesmo sabendo o que ia acontecer, há partes que são deliciosas de se ler e das quais, sinceramente, já não me lembrava com tanto pormenor. Vejo todas as personagens com saudade, até com alguma reverência pelos seus percursos, pelas suas evoluções e crescimento. 

Gostei muito de reler este primeiro livro e não posso deixar de o aconselhar a quem gosta de fantasia épica e que possa estar relutante em começar a ler. Leiam!

5/6 - Muito Bom


Sem comentários: