12 de julho de 2010

Novidade Sextante sobre o tratamento das mulheres nos provérbios de todo o mundo!

A 16 de Julho, a Sextante Editora publica Nunca cases com uma mulher de pés grandes, um estudo da holandesa Mineke Schipper que aborda o tratamento das mulheres nos provérbios de todo o mundo. O livro é acessível e insere-se no sempre actual tema da igualdade entre géneros.
Em www.womeninproverbsworldwide.com, sítio que a autora dedicou à pesquisa elaborada para esta obra, podem encontrar-se provérbios de mais de 150 países – incluindo portugueses – que serviram de base ao estudo.
O livro está publicado em vários países, mas a primeira edição da obra criada por esta professora da Universidade de Leiden, na Holanda, foi da britânica Yale University Press, que consagra a maior parte do trabalho a estudos académicos.

Título: Nunca Cases com uma Mulher de Pés Grandes
Autor: Mineke Schipper
Páginas: 416
Sinopse:
"Em todas as culturas, as questões relativas ao sexo e ao género foram expressas em provérbios, uma das mais curtas formas literárias. Este livro apresenta um estudo surpreendente e divertido sobre as semelhanças (até mais do que diferenças!) entre milhares de provérbios sobre a mulher, a sua condição e as suas vivências, provenientes de centenas de línguas e mais de 150 países."

Aqui ficam alguns provérbios:

- Não há mulher sem encantos, nem poeta sem rum. Brasil
- A mulher é um anjo aos dez, uma santa aos quinze, um demónio aos quarenta e uma bruxa aos oitenta. Reino Unido
- Pode não ser submissa, mas lava a roupa. Indonésia
- Um bule pode servir cinco chávenas de chá. Mas onde já se viu uma chávena servir cinco bules? China
- O homem é sabedoria, a mulher afecto. Japão
- A mulher esperta faz do marido um avental. Reino Unido
- A mulher e a pistola mostram-se mas não se emprestam. Sérvia, Croácia
- Com dois camelos tens paz, com duas mulheres tens guerra. Mongólia
- Antes solteira honesta que aturar marido chato. Estónia
- A mulher e a sardinha quer-se pequenina. Argentina, Espanha, Brasil, Portugal
- Quando nasce uma filha, até os telhados choram. Arménia
- O prazer da mulher é o seu marido. Sri Lanka
- O filho é da mamã, e talvez do papá. Jamaica
- Mulheres, desgraças e pepinos, quanto mais pequenos melhores. Hungria
- Cabelo longo, cérebro curto. Turquia
- O homem é a cabeça, mas é a mulher que a gira. Estados Unidos, Holanda
- A beleza não tempera a sopa. Polónia
- O destino do homem está no útero da mulher. Alemanha
- A língua da mulher é mais comprida que a saia. Holanda
- A mulher é um gigante. Gana

Sem comentários: